“Ensaio Sobre a Loucura”.

https://clubedeautores.com.br/livro/ensaio-sobre-a-loucura

Um homem pula do alto de um prédio comercial. Lá em baixo há um grande alvoroço, pessoas correndo para verificar se o morto ainda respirava. Esta curiosidade mórbida dos seres humanos, em si já é um tipo de insanidade, como se fosse possível alguém sobreviver a uma queda de tamanha altura.

Ao constatar a morte do desconhecido, os observadores comentam entre si. Que loucura! Este homem deve ser um destes loucos que andam por aí sem rumo na vida. Ninguém em seu estado normal comete suicídio. É loucura, como pode alguém ser capaz de tirar a sua própria vida. O mundo está mesmo louco.

O mundo é o mesmo de sempre meu caro, são as pessoas que estão loucas, sem objetivo. Diz um senhor de barbas longas que olhava o morto sem demonstrar nenhuma confusão mental ou interesse especial. A vida perdeu o sentido. Diz outra voz um pouco fora da multidão.

É preciso muita coragem para seguir um caminho incerto como o suicídio, por exemplo. Talvez só mesmo os loucos sejam capazes de trilha-lo. Ser humano e normal deveria ser temer a morte, só se pode temer o desconhecido, e neste contexto fúnebre quem não respeita este gigante invisível não respira no mundo da razão. Embora existam aqueles que apregoem que a razão deve nos conduzir a um estado natural de aceitação, que a decadência física deve ser encarada como algo normal – a morte sendo um fim para dar à luz a outra realidade menos dolorosa. A meu ver, isto é uma bestial ideia, mas cada um crer no que lhe convém. Viver é sofrer, e é sofrendo que se aprende a dar valor ao gozo. Lógica simples, sem escuridão não haveria luz. Mesmo este conceito de escuridão e luz, de bem e de mal, de dor e de prazer, não suportaria o crivo da relatividade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s