trecho do novo livro de evan do carmo

–Meu caro professor, sua inocência comove-me, não há este pudor entre homens públicos, sejam eles democratas ou ditadores confessos.

–Me lembro de uma máxima, que tem a ver com a teoria do caos. É assim que me encontro. Quando penso que já vi tudo, surge algo ainda pior.

–Não se iluda, tudo que está ruim pode piorar ainda mais. A escala do caos é infinita.

–Isso mesmo, você deve ter lido o mesmo autor que eu li. A teoria caos, isso não é bem uma teoria, é um fato. Miserável do Nietzsche formulou com sua própria vida, entrelinhas esta filosofia da decadência humana.

–A impressão que tenho é que tanto ele como os outros pensadores alemães nada contribuíram para melhorar o mundo, são todos depressivos, e Schopenhauer é mais decadente de todos.

–Como que uma conversa pode virar de corrupção sistêmica para um nível tão alto do pensamento filosófico? Meu caro carcereiro, sua função aqui deve ser esta, distrair os condenados. Por um momento me esqueci totalmente que estou preso, sob a custodia de uma estado além de corrupto, neonazista e violento.

–Faço o que posso, minha intenção é tornar suportável sua temporada no inferno.

–Vejo que você realmente andou lendo poetas relevantes, como Rimbaud. Assim quem sabem teremos prováveis boas prosas durante o resto da minha vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s