Todos os posts de Evan do Carmo

Jornalista, escritor e poeta Evan do Carmo, Nascido na Paraíba em (29/04/64) é poeta, escritor, romancista, jornalista, músico, filósofo e crítico literário. Fundou e dirigiu o jornal Fakos Universitário. Criou em 2009 a revista Leitura e Crítica. Tem 22 livros publicados, sua obra está disponível em 12 países, (um livro editado em inglês. (O Moralista) Entre outros estão: O Fel e o Mel, Heresia poética, Elogio à Loucura de Nietzsche, Licença Poética, Labirinto Emocional, Presunção, O Cadafalso, Dente de Aço, Alma Mediana, e Língua de Fogo. Participou também com muitos contos em antologias. Foi um dos vencedores do concurso Machado de Assis do SESC DF de 2005. Em 2007 foi jurado na categoria contos do concurso Gente de Talento 2007 promovido pela Caixa Econômica Federal, ao lado de Marcelino Freire. Em 2012 criou e editou até 2015, os Jornais: Correio Brasília, Jornal de Vicente Pires, Jornal de Taguatinga e o Jornal do Gama. Evan do Carmo é estudioso da obra de José Saramago, em 2015 publicou o livro Ensaio Sobre a Loucura, e o livro Reflexões de Saramago, momentos antes de sua morte, o livro nos oferece um panorama perfeito na voz do próprio Saramago em forma de ficção ensaísta, sobre a obra do Nobel Português. Em 2016 criou a Editora do Carmo e o projeto Dez Poetas e Eu, onde já publicou 100 poetas, e o livro Um Brinde à Poesia, uma obra de coautoria com outros poetas contemporâneos. Como editor realizou o sonho de mais de 500 autores, a maioria autores sem recursos, que não podiam publicar suas obras, entre muitos autores carentes estão dezenas de poetas e escritores africanos, de Angola e Moçambique. Palestras e oficinas literárias (61) 981188607

Reservistas convocados pela Rússia para lutar na Ucrânia chegam a bases militares

Homens russos começaram nesta segunda-feira a receber treinamentos antes de irem à linha de frente na Ucrânia. Na semana passada, o presidente Vladimir Putin anunciou uma escalada militar com a convocação de 300 mil reservistas entre 18 e 65 anos. Desde então, protestos se espalharam pela Rússia. Manifestantes denunciam repressão policial e mais de duas mil prisões. Há também relatos de fugas para países vizinhos. O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, pediu que países do Ocidente intensifiquem a pressão sobre a Rússia por conta da ameaça de Putin de usar armas nucleares. Veja abaixo Tweets de jornalistas, especialistas e veículos de imprensa sobre a invasão russa à Ucrânia.

Ipec desta segunda tem estabilidade: Lula oscila um ponto para cima e tem 48%; Bolsonaro se mantém com 31%

O levantamento divulgado nesta segunda-feira mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) oscilou um ponto para cima em relação à pesquisa anterior e tem 48%. Já o candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), aparece com os mesmos 31% da última semana. Ciro Gomes (PDT) oscilou um ponto para baixo e agora aparece com 6%. Simone Tebet (MDB) tem 5%. Em eventual segundo turno entre os líderes da pesquisa, o petista venceria com 54% contra 35% do segundo colocado. 3.008 pessoas foram ouvidas entre 25 e 26 de setembro. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.

43 músicas de nietzsche

O pensador alemão Friedrich Nietzsche é conhecido em todo o mundo por suas ideias e reflexões sobre religião, moral, cultura e ciência. No entanto, a filosofia não era o seu único talento. Nietzsche também possuía paixão pela música, e chegou a criar 43 composições. Os músicos canadenses Lauretta Altman e Wolfgang Bottenberg, juntamente com o grupo Orpheus Singers of Montreal, executaram as partituras do filósofo. As gravações foram disponibilizadas em uma playlist no Spotify.

Da alegria à tranquilidade, do romantismo à tristeza, as composições de Nietzsche são bastante diversas. Algumas parecem ter saído dos hinos protestantes que ele cresceu ouvindo, já que era filho de um ministro luterano. Além do modo de vida, as músicas refletem também as diferentes fases etárias vividas pelo pensador, pois foram compostas ao longo de toda a sua vida. A primeira composição é datada de 1854, quando o filósofo tinha apenas dez anos, enquanto a última é de 1887, três antes de sua morte.

Para ouvir a playlist, basta acessá-la no aplicativo do Spotify. É necessário ter uma conta cadastrada e realizar login. O serviço possui uma versão de assinatura gratuita.

Fonte: Revista bula

‘América Latina deve reagir’ se houver tentativa de golpe no Brasil, diz Boric

Quatro dias após o presidente Jair Bolsonaro dizer durante o debate presidencial de domingo (28/08) que seu colega chileno Gabriel Boric tinha “colocado fogo em metrô lá no Chile”, a relação entre os dois líderes ficou ainda mais distante.

Em declarações à revista Time, publicada nesta quarta-feira, Boric disse que foi “esperança” ver o manifesto pela democracia no Brasil e que a América Latina deveria se unir em caso de o resultado eleitoral não ser aceito, evitando assim um “golpe” como o que, na sua visão, ocorreu na Bolívia em 2020.

A revista deu destaque a Boric, de 36 anos, em sua capa com o título “The new guard” (“A nova guarda”, em tradução livre).

Presidente mais novo da história chilena, e ex-líder estudantil, ele elogiou o recente manifesto a favor da democracia no Brasil contra da possibilidade de Bolsonaro questionar o resultado eleitoral.

A pergunta da Time foi: “Neste momento, se fala muito sobre o que acontecerá no Brasil, caso o presidente Jair Bolsonaro não aceite os resultados das eleições de outubro. O que o senhor faria para apoiar a democracia brasileira, se isso acontecesse?”.

Chile: o que acontece agora após rejeição da nova Constituição

Em um plebiscito realizado no domingo (4/9) no Chile, a ampla maioria dos eleitores do país (61,86%) rejeitou o texto de uma nova constituição que havia sido proposto. Apenas 38,14% do eleitorado votou em favor do texto, com 99,97% da apuração oficial concluída.

O resultado acachapante contra o texto da nova Carta Magna causou surpresa entre políticos e analistas. A vitória do voto contra era esperada, mas ninguém previu que fosse por margem tão ampla, reconheceram analistas ouvidos pela BBC News Brasil.

A participação nas urnas — 13 milhões de eleitores — também foi recorde, com a implementação do voto obrigatório.

O plebiscito para substituir a atual constituição — de 1980, do regime de Augusto Pinochet, e que recebeu reformas no governo de Ricardo Lagos em 2005 — foi convocado após os fortes protestos de 2019 no país.

Em 2020, havia sido realizado um plebiscito para saber se os chilenos queriam mesmo uma nova Carta Magna. Na ocasião, quase 80% responderam a favor de haver um novo texto. Mas agora a proposta de Constituição Pública da República, redigida pela Convenção Constitucional, foi rejeitada.

Novo livro de evan do carmo, o carcereiro e prisioneiro

De manhã, volta o carcereiro com o café e diz:

─ Como passou anoite?

─ Ah, meu amigo, quase morri de febre e calafrios, ontem à noite.

─ Como assim? Que febre foi esta?

─ Do nada fiquei muito mal, então não tive escolha, chamei enfermeira, apertei a campainha de emergência.

─Que emergência? Que enfermeira?

─ A mulher de olhos azuis, a carcereira substituta.

─ Que mulher? Você ainda está delirando!

O prisioneiro ignora o comentário do amigo, que logo vai embora. Ele sabe que tudo que viveu na prisão foi real. Mas a cena quase erótica, sensual demais para alguns, pode de fato ter ocorrido? Como Charles Bukowski a escreveria? Há um pudor irresistível que impede o escritor de ir mais longe na liberdade poética da qual pode lançar mão e fazer uso pleno. Assim o leitor tem mais liberdade para escrever ou reescrever a cena, da maneira que lhe convier, como deseja ler.

PM é condenado por não abordar esposa e amigos em operação contra venda de produtos roubados no DF

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) manteve a sentença que condenou um sargento da Polícia Militar a seis meses de detenção, por ter deixado de abordar pessoas suspeitas de vender produtos roubados ou furtados. A esposa e alguns amigos do militar faziam parte do grupo.

O militar foi sentenciado pelo crime de prevaricação, previsto no Código Penal Militar. O delito ocorre quando um funcionário público deixa de praticar alguma atribuição do cargo por interesse pessoal. A decisão é da 2ª Turma Criminal do TJDFT e transitou em julgado, ou seja, não cabe mais recurso .

Continuar lendo PM é condenado por não abordar esposa e amigos em operação contra venda de produtos roubados no DF

Com júri simbólico, Tribunal Permanente dos Povos diz que Bolsonaro cometeu crimes contra a humanidade; ação não tem efeito prático

Notícias há 3 horas

Nesta quinta-feira, o júri simbólico da 50ª Sessão do Tribunal Permanente dos Povos (TPP) condenou o presidente Jair Bolsonaro por crimes contra a humanidade e violação de Direitos Humanos durante a pandemia da Covid-19 no Brasil. De acordo com informaçōes da Folha de S. Paulo, g1 e UOL, a sentença não implica em aplicação de penas contra o presidente, mas pode aumentar a pressão internacional contra seu governo. Para o TPP, o presidente cometeu atos “dolosos” e “intencionais” contra o povo brasileiro e foi diretamente responsável pela morte de 680 mil pessoas.